segunda-feira, 21 de setembro de 2009

UP - Altas aventuras e altas emoções!

A PIXAR conseguiu novamente! Cacetada, eu falo isso com um um sorriso gigante no rosto. Durante meses, fiz um alarde danado desse filme (UP) e também da qualidade PIXAR, que sempre nos presenteia com o melhor em Animação de conteúdo!

Bom, deixa eu falar, finalmente: EU VI.....e em 3D (HÁ)! Consegui ver o filme mais esperado do ano (pra mim), com um óculos gigantão na cara! O que mais eu poderia querer? :D

Cuidado! É mais um velhinho doido subindo de balão!

A sinopse oficial de UP - Altas aventuras, conta a história do rabugento Carl Fredricksen; um vendedor de balões que, aos 78 anos, decide realizar o sonho de sua falecida esposa: fazer uma viagem exploradora, rumo às florestas da América do Sul. O que o velho Carl não esperava é que, de gaiato, um escoteiro gordinho, cheio de disposição e com cara de japonês, embarca na casa voadora. Já falei que eles viajam numa casa que voa? Pois é, com balões...

- Deixa eu entrar, sr Fredricksen?
-Ehhhh.....NÃO!


Bom, só de ler essa sinopse, a gente pára e pensa: - É, deve fazer jus ao nome..deve ser uma aventura super doida...E É! MAAS...não é só isso. A grande surpresa do filme (pelo menos pra mim), fica por conta das grandes cenas emocionantes que os personagens nos proporcionam. Eu realmente me apaixonei pelo filme, devido a sutileza dessas cenas. Simplesmente fantásticas.

Ellie e Carl - Lindas cenas

De verdade, é impossível não ficar doido pelo filme com a primeira parte, onde conhecemos os pequenos Carl e Ellie. Um garotinho super calado, e uma garota toda maluquete. Nessa primeira parte da história, assuntos como amizade, amor e perdas, são tradados de maneira genial, pelo diretor Pete Docter (também responsável por Monstros S.A).

- Mas a Ellie era maluquete mesmo?
- Bem...é, era sim. E o Carl era igual um amendoin de óculos!

E então tudo vira amor... ;D

MAS O FILME SÓ FAZ CHORAR (hehe)? NÃO! tem muita onda também! Os caras conseguiram agradar a todos. Os momentos cômicos são bem bacanas. O Carl brigando com uma ave gigante é muito engraçado. Tem muita correria, tem umas viagens super loucas com cahorros que falam e fazem tudo (é sério..fazem tudo, as pestes...)! Enfim, tem de tudo!

Uma ave maluca, um japonês maluco, um cachorro maluco...e um velho voador!

Eu particularmente, curto uma boa aventura, mas sem tanta correria. Tava até conversando com uns amigos, que acham que hoje isso tá muito comum, devido a utilização do recurso 3D. Concordo com esses cabeçudos!

UP tem muito desses momentos - correrias; gordo caindo; gordo arrastando a cara na vidraça (hehe); cachorro correndo; cachorro caindo...tem tudo isso e mais. Esse negócio de Altas Aventuras não é de enfeite não....

Ao infinito...e ALÉM!

RESUMINDO. O filme é sensacional. Curti muito as cenas que dizem respeito ao Carl e a Ellie. Os dois pequenos são demais. A Ellie é uma personagem fantástica, e quando criança, tem uma dublagem perfeita (em português mesmo). Desde Mogli eu não ouvia uma dublagem tão bacana.

O gordinho do filme, o japonês (o escoteiro Russel..) é muitíssimo engraçado, e as cenas dele com o Carl nunca ficam forçadas (pelo lance da idade..). Aliás, a idéia do protagonista ser um idoso, foi considerado um risco pra um filme infantil. Hehe, algo típico da PIXAR, como o rato na cozinha, em Ratatoille, e um filme quase mudo (WALL-E). Como sempre, os caras arrebentam, e mostram que uma história bem contada é o que mais importa.

- É ISSO AÊE!! FORA SARNEY!

No mais....ASSISTAM UP. Curtam bastante e se emocionem bastante. A grande moral do filme, que eu não vou dizer qual é..é a mais bacana e bonita possível!

Mais um grande filme...

*escrevi muito, né? Eu sei...é bom! Abração a todos! ;D

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

O Coringa, o Palhaço, o Joker - Heath Ledger

Faaala pessoal!

Aqui vai uma pintura nova - A carica do Heath Ledger, como o Coringa, o palhaço, o Joker, do filme Batman - The Dark Knight (o segundo filme...).

"uuuhuhu...vou ***** a tia do BATEMA"!

Pow, esse trabalho teve uma história até interessante. Ele surgiu como...uma espécie de teste de paciência. Apesar de sempre desenhar, eu nunca fui muito paciente pra pintura. Sempre tive uma mania de perfeccionismo que é muito maluca. Então quando achava de pintar alguma coisa, ficava enrolando..enrolando....até que cansava e pulava pra outra. Meio doido né? Pois é...

O lance foi que surgiu a idéia dessa caricatura e tava afim de retomar à prática da pintura, que tinha deixado um pouco de lado (fazia mais nos trabalhos que pegava). Então pensei num estilo mais detalhado, me comprometi a terminar essa bagaça....e fiz, consegui (tchãn)!

Tá certo que houve pequenas pausas durante esse trabalho..mas voltei ué!? E o mais bacana de tudo, foi que voltei a pintar mais. Ainda gosto do estilo mais simplista de pintura, em um cartoon..mas agora meto a cara, de vez em quando, em pinturas mais detalhadas como essa. É isso!

Abração a todos. Como sempre, agradeço muito pelas visitas, pelos comentários!

* AAAH, esse trabalho foi selecionado no Salão de Humor de BH. Fiquei sabendo essa semana! Esse ano tá sensacional! :D

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

SkeTCH! A volta dos riscos e das maluquices!

Tava com saudade de postar alguns rascunhos, então...aí vai!


Só um detalhe - o dragão verde, que tá mordido da vida...foi inspirado em uma garotinha, que vi uma vez. A menina tava brincando com uma turma, e de vez em quando ela saía contrariada de lá; arrrumava um canto pra sentar...ficava exatamente com a mesma pose e expressão do dragão (hehe..), e esperava algum dos moleques vir chamar pra brincar de novo. Vi essa moleca fazer isso umas 6 vezes. Definitivamente...ela era uma mala!

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Pintura nova - Serenata!

Essa pintura surgiu de um brincadeira. Tava afim de fazer algo de época, pensei nos anos 20. Fiz a cena de uma serenata, vista da janela da garota. O tocador aí da cena, foi baseado no meu avô. Caprichei no olhar do cara, porque lembro que o velho era fogo! :D

Como eu disse, a idéia principal da pintura foi diversão, então pensei numa paleta de cores mais extravagantes. Exagerados como o estilo do cartoon. Achei bacana a idéia de pintar a noite, a rua, o luar, da forma mais convidativa possível.

É isso pessoal. Vamo que vamo e..AbraÇãO a todoS!

Creative Commons License Obras licenciadas sob uma Licença Creative Commons.
Tecnologia do Blogger.